Logotipo da entidade

Consultas Boa Vista SCPC

Acidi apoia realização da Festa das Nações de Itaquaquecetuba

Luciano Dávila diz que a participação da Prefeitura será apenas na concessão do espaço público

A Associação Comercial e Industrial de Itaquaquecetuba – Acidi é uma das parceiras do Lions Clube e o Rotaract Club de Itaquaquecetuba na realização da Festa das Nações. O evento, que conta com diversas atrações culturais e comidas típicas de diversos países do mundo, tem previsão para acontecer nos dias 11, 12 e 13 de agosto. O objetivo é oferecer uma opção de diversão e entretenimento à população de Itaquaquecetuba.

Uma reunião na última quarta-feira (02 de abril) contou com a participação des representantes das seguintes entidades: seguintes entidades: Fempi, Fundo Social, Bambina, Rotary, Kaikan, Kibowie, Cristolândia, Casa da Criança, Apae e os Sindicatos dos Metalúrgicos e dos Servidores Municipais. Na próxima terça-feira (15 de abril) acontece um novo encontro.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Itaquaquecetuba, Joerly Ferraz Garcia Nakashima, foi a convidada de honra para o encontro que definiu algumas diretrizes e viabilidade para a realização da feste na cidade.

A proposta é que cada entidade tenha uma barraca típica, onde os fundos serão revertidos para ações das próprias associações. No entanto, a festa depende de pelo menos 40 entidades parceiras para acontecer. 

“O investimento seria revertido em benefício para própria entidade. No entanto, a participação da Administração Municipal será apenas na concessão do espaço público. Quem ganha com isso é a população de Itaquaquecetuba que terá uma opção de lazer no município”, explicou o presidente da Acidi, Luciano Dávila. 

Após a reunião de terça-feira serão definidos o local e data do evento. O certo, é que a Festa das Nações em Itaquá promete ser um sucesso. 

“Convidamos entidades sérias e que participam ativamente do cotidiano do município. Esperamos adesão de todos para que esta festa ainda embrionária se torne futuramente tradicional na cidade”, concluiu Dávila.